Rua Nove de Março 737 - Sala B - Centro
Ed. Turim - 89201-400 - Joinville - SC
contato@ancoraoffices.com.br

Amazon quer se tornar independente de transportadoras

Amazon quer se tornar independente de transportadoras

Com o novo projeto, empresa de e-commerce mundial tem interesse em aumentar seu controle logístico, diminuir gastos e encurtar prazos em suas operações.

A Amazon deu início a construção de seu primeiro hub aéreo, localizado nos Estados Unidos. Segundo Jeff Bezos, um dos fundadores e CEO da empresa, o grupo busca depender menos de companhias aéreas, obter um controle maior de sua logística e entregar também seus pedidos de maneira cada vez mais rápida à seus clientes prime; a chamada “entrega em um dia” anunciada em Abril com investimento de 800 milhões de dólares. É um novo padrão que a empresa pretende adotar qualificando ainda mais a logística da Amazon.

Localizado em Cincinnati, Ohio, o espaço conta com 3,6 km quadrados de instalações e projeto deve custar para a empresa US$ 1,5 bilhão com previsão de ser finalizado em 2021. A instalação poderá operar até 200 voos diários após conclusão, com 100 aeronaves, em sua primeira fase estão previstas 50 unidades.

Entrega em um dia.

Recentemente a gigante do e-commerce mundial anunciou que quer chegar em seu objetivo da entrega em um dia, promessa essa que exige uma mudança na logística da Amazon em seu programa de entregas, notícia que foi parcialmente criticada por alguns especialistas.  O analista Bryan Nowak, do Morgan Stanley por exemplo, disse em relatório que a própria empresa pode se prejudicar com o anúncio, caso não consiga cumprir com o prometido e financeiramente.

Com uma logística própria  e maior controle de operações, fica mais acessível para a Amazon realizar seu projeto, colocando o grupo muito a frente das demais concorrentes.

Após cerimônia que marcou o começo das obras, Jeff Bezos em sua conta no twitter publicou que serão 278 mil m², que vão gerar 2 mil novos empregos e entregas mais rápidas à seus clientes, um passo muito importante para o grupo.

Não é a primeira vez que a Amazon é notícia por interesse em mudar as características de seus serviços atrás de melhorias, e somente assim uma empresa consegue se manter forte no meio ampliando seu sucesso.