Rua Nove de Março 737 - Sala B - Centro
Ed. Turim - 89201-400 - Joinville - SC
contato@ancoraoffices.com.br

Estudo registra a competitividade de Joinville

por

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Joinville produziu amplo estudo sobre características socioeconômicas do município.

Com dados apurados em diferentes fontes oficiais (IBGE, Banco Central e Ministério do Desenvolvimento, por exemplo), o documento traz análise de estatísticas sobre produto interno bruto (PIB), nível de emprego, exportações, infraestrutura e escolaridade, entre outros, explica o secretário Jalmei Duarte. O paper foi concebido e ficou pronto antes que o governo federal divulgasse o PIB de 2012, que mostrou queda do município para o segundo lugar no ranking estadual, atrás de Itajaí.

Comparações
Fizemos compilação de informações, também comparando com outros municípios de tamanho e perfil semelhantes. Isso nos permite avaliar nosso grau de competitividade e ajuda a subsidiar nossas ações de governo a partir dos números. O documento também permite a empresas conhecerem informações essenciais e ajudam companhias a projetarem investimentos no município.

Fatores decisivos
São três os elementos considerados determinantes para estabelecermos o grau de competitividade de Joinville em relação às demais cidades. A localização geográfica é importantíssima. O marco legal e a legislação municipal contam muito. Neste aspecto, a demora na aprovação da Lei de Ordenamento Teritorial (LOT) nos atrapalha. A aprovação da LOT pelos vereadores é uma urgência para a cidade.

Mão de obra
O terceiro item é a qualidade da mão de obra. Este é um ponto muito forte a nosso favor. E pode, eventualmente, ser uma ameaça. Por isso, não podemos descuidar desse fator. É preciso pensar sempre em cursos inovadores a satisfazer empreendedores e empresários.

Valor adicionado
Joinville aparece muito bem no ranking nacional no item de valor adicionado bruto da indústria, em 14º entre todos os municípios brasileiros. No valor adicionado bruto de serviços, somos o 37º maior.

Fundamas
A Fundamas, que oferece vários cursos de qualificação, está fazendo um trabalho excepcional e logo se tornará ofertante de cursos ainda mais antenados com as necessidades das empresas. Isto será definitivo para continuarmos sendo um município de ponta e ainda mais preparados. O foco é melhorar os conhecimentos de nossa população e atender demandas de quem investe e emprega em Joinville.

Importações
De janeiro a setembro deste ano, as empresas de Joinville importaram principalmente da China ( 34,44%), Alemanha ( 23,46%) e Estados Unidos (9,51%). Juntos, esses países representam quase dois terços dos produtos comprados no exterior.

Exportações
As exportações joinvilenses estão fundamentalmente concentradas em três países também: Estados Unidos, México e Itália. A movimentação de comércio exterior é predominantemente (84%) via marítima.

Licenças
Já avançamos bastante, mas, é claro, ainda é preciso rapidez maior na concessão de licença ambiental para empresas de quaisquer setores instalarem seus negócios aqui. Estamos mais dinâmicos do que estávamos antes. E a Secretaria de Meio Ambiente já consegue agilizar boa parte dos processos.

Infraestrutura 
Temos um aeroporto qualificado. Equipamentos como o ILS nos colocam à frente da maioria das cidades. Outro diferencial é o nosso posicionamento próximo a quatro portos. Este fato nos dá diferenciais competitivos extraordinários na hora em que empresas analisam lugares para expandirem atividades.

FONTE: A Notícia


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *